02/08/2021 - 05:07

covid-19

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19, no Senado Federal, terá como depoente, nesta quarta-feira (07), o ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde, Roberto Dias, acusado de ter cobrado, como propina, US$ 1 dólar por dose da vacina AstraZeneca, em suposto contrato de compra de 400 milhões de doses. Roberto Dias teria feito a proposta de propina multimilionária ao cabo da Polícia Militar (PM) de Minas Gerais, Luis Eduardo Dominghetti, durante jantar no restaurante Vasto, localizado em Brasília (DF)....
O dinheiro extra que o governo destinou para o Sistema Único de Saúde combater a emergência da Covid-19 vem sendo usado para atender a gastos de rotina que nada têm a ver com a pandemia. Entre essas aplicações não relacionadas ao coronavírus estão gastos militares, que se multiplicaram por 13 de 2020 para 2021....

Categorias

Instagram